SEO – Como funciona o mecanismo de Pesquisa (Google)?

como funciona o mecanismo de pesquisa

Embora você sempre deva criar conteúdo do seu portal voltado para seus clientes em vez de mecanismos de pesquisa, é importante entender como esse mecanismo todo funciona.

Depois de saber isso, você pode passar para a próxima etapa que está incorporando os elementos que o mecanismo de pesquisa está procurando.

Como funcionam os mecanismos de pesquisa?

A maioria dos mecanismos de pesquisa cria um índice baseado em rastreamento, que é o processo pelo qual mecanismos como Google, Yahoo e outros encontram novas páginas para indexar.

Mecanismos conhecidos como bots ou spiders rastreiam a Web procurando por novas páginas (1).

Os bots normalmente começam com uma lista de URLs de websites determinados por rastreamentos anteriores.

Quando eles detectam novos links nessas páginas, por meio de tags como HREF e SRC, eles os adicionam à lista de sites a serem indexados.

Em seguida, os mecanismos de pesquisa usam seus algoritmos para fornecer uma lista de classificação do índice de quais páginas você deve estar mais interessado com base nos termos de pesquisa usados.

Logo depois, o mecanismo retornará uma lista de resultados da Web classificados usando seu algoritmo específico.

No Google, outros elementos, como resultados personalizados e universais, também podem alterar o ranking da sua página.

Em resultados personalizados, o mecanismo de pesquisa utiliza informações adicionais que sabe sobre o usuário para retornar resultados que são diretamente atendidos aos seus interesses.

Os resultados da pesquisa universal combinam vídeo, imagens e notícias do Google para criar um resultado de imagem maior o que pode significar uma maior concorrência de outros websites pelas mesmas palavras-chave.

Fatores que contribuem no posicionamento

Arquitetura – crie sites que os mecanismos de pesquisa podem rastrear com facilidade.

Isso inclui vários elementos, como como o conteúdo é organizado e categorizado e como sites individuais se conectam uns aos outros.

Um sitemap XML pode permitir que você forneça uma lista de URLs aos mecanismos de pesquisa para rastreamento e indexação. (2)

Conteúdo – Um ótimo conteúdo é um dos elementos mais importantes para SEO, pois informa aos mecanismos de pesquisa que seu website é relevante.

Isso vai além de apenas palavras-chave para escrever conteúdo atraente que seus clientes estarão interessados ​​em uma base freqüente.

Links – Quando muitas pessoas ligam a um determinado site, isso alerta os mecanismos de pesquisa de que esse site específico é uma autoridade, o que aumenta sua classificação.

Isso inclui links de fontes de mídia social.

Quando o site é vinculado a outras plataformas confiáveis, é mais provável que os mecanismos de pesquisa classifiquem seu conteúdo como qualidade também.

Palavras-chave – As palavras-chave que você usa são um dos métodos primários que os mecanismos de busca usam para classificá-lo.

Usar palavras-chave cuidadosamente selecionadas pode ajudar os clientes certos a encontrar você.

Se você administra uma joalheria, mas nunca menciona a palavra “joias”, “colar” ou “bracelete”, o algoritmo do Google pode não considerá-lo um especialista no assunto.

Descrições de títulos – Embora não apareçam no site, os mecanismos de pesquisa prestam atenção à tag de título no código HTML do site, as palavras entre <title> </ title>, porque provavelmente descrevem o site, como o título de um livro ou uma manchete de jornal.

Conteúdo da página – Não enterre informações importantes dentro do Flash e elementos de mídia como vídeo.

Os mecanismos de pesquisa não podem ver imagens e vídeos ou rastrear o conteúdo em plug-ins Java, javascript, angular ou qualquer outra tecnologia do segmento.

Links internos – Incluindo links internos ajuda os motores de busca a indexar seu site com mais eficiência, mas também aumenta o que muitos profissionais de SEO chamam de “link juice”.

Em outras palavras, ele tem o mesmo benefício de qualquer link para o seu site: ele demonstra o valor do seu conteúdo, daquela determinada página.